Renascimento


"O Rebirthing é a capacidade de respirar energia, assim como se faz, eventualmente, com o ar. Isso ajuda o indivíduo a livrar-se da poluição dos pensamentos destrutivos." (Leonard Orr)

O Rebirthing, ou Renascimento, foi fundado na década de 70, por Leonard Orr, psicólogo americano e pesquisador, que redescobriu os predicados e os benéficos efeitos da técnica da respiração ”circular”, sem pausas nem após a inspiração, nem após a expiração.


Orr perguntava, há tempos, sobre a importância do nascimento e o efeito dos traumas sofridos na infância sobre os comportamentos vividos pela pessoa na vida adulta. Ele concluiu mais tarde que a experiência direta, revivida do nascimento, não é a chave para o processo de cura estimulado por essa técnica e sim a respiração circular, como processo energético, capaz de apagar os efeitos das nossas precedentes experiências negativas, em particular as primeiras, surgidas no nascimento.

A respiração circular e consciente, mais a transformação de pensamentos negativos em construtivos, permitem a cada um de nós alcançar os objetivos que mais contribuem para a nossa evolução pessoal, sem forçar e no maior respeito pela liberdade individual.

Renascimento pode ser descrito como uma forma de terapia, um meio de você se tornar mais consciente do que está acontecendo em sua vida. Faz com que as escolhas que você faz se tornem mais conscientes, menos ditadas por velhas crenças e eventos traumáticos, e muito mais em sintonia com a realidade presente.

Renascimento é uma forma de criar, cada vez mais, aquilo que você quer para a sua vida.


Resultados

O Renascimento pode melhorar a qualidade de vida de muitas maneiras, e cada “renascido” vai ter a sua própria experiência única do que é Renascimento. A experiência mostra que, muitas vezes, a capacidade de relaxar profundamente aumenta, o stress é reduzido, a vitalidade e a energia são aumentadas, sintomas psicossomáticos são reduzidos, cresce a confiança em si mesmo e nos outros, e os relacionamentos melhoram.

“Essa energia que flui durante a sessão de Renascimento libera o corpo, o coração e a mente de toxinas, tensões e negatividade acumuladas desde o nascimento. Ao voltar a sentir o corpo e os outros centros de energia livres das costumeiras limitações e tensões, a pessoa cria um estado de Ser que não pode ser conhecido de outro modo.

Respirar na presença de um Profissional de Renascimento tem o objetivo de promover um retorno seguro a esse antigo estado e de ter um guia para o ritmo de respiração até que a sessão se complete. Como resultado de suas experiências, os Profissionais de Renascimento têm a capacidade de dar assistência intuitiva e inteligente de muitas formas valiosas.

Para a maioria das pessoas, Renascimento será uma experiência de liberação, de compreensão, de cura e de amor, experiência interessante, excitante, prazerosa e de grande valor desde a primeira sessão.”
(Leonard Orr, o fundador do Renascimento)


Sessões de Renascimento

Leonard Orr e seu grupo de pesquisa têm revelado que em apenas 10 sessões de Renascimento, nas quais é praticada a respiração consciente, os adultos se libertam da maior parte das tensões emotivas acumuladas.

Por este motivo, o ciclo individual, assistido por um rebirther ou renascedor profissional, dura exatos dez encontros.

Ao suprimirmos emoções, reprimimos a nossa respiração e, consequentemente, o oxigênio necessário para o bom funcionamento do corpo. Quando se tem um dente estragado, qual é o sintoma? Nem precisa responder. O mesmo se passa com a respiração inibida: para quem a tem, os sintomas aparecem.

Quem respira pela metade, só pode viver pela metade.


Perguntas mais freqüentes:

1.Renascimento é uma técnica de regressão?
Renascimento não é tratado como uma forma de regressão.
Eventualmente podemos entrar em contato com imagens, sensações e sons muito antigos. Algumas experiências trazem conteúdos regressivos, mas na maioria das vezes vivenciamos expansões de consciência.

2. Qual a relação entre o meu nascimento e Renascimento?
Lembrando que a primeira coisa que fazemos ao nascer é respirar e que Renascimento é respiração, é muito comum surgirem memórias relacionadas ao momento do nascimento. Por essa razão, o Renascimento se torna uma ferramenta poderosa para integrar traumas do nascimento e suas diversas manifestações.

3. Existe relação entre o meu nascimento e meus padrões de comportamento?
Esse é um vasto capítulo do Renascimento, que será dado em nosso curso VENCER: O Renascer. No entanto, existem diversas relações entre as experiências de nascimento e os padrões de comportamento, que tendem a se manifestar ao longo da vida. É muito importante mantermos em mente que cada um de nós tem um nascimento único e que esses padrões são tendências que não devem ser tomadas com regra geral.

4. Posso tentar fazer Renascimento comigo sozinho?
Sim. O Renascimento não cria vínculos permanentes entre a pessoa e o Renascedor. No entanto, é recomendado que você pelo menos comece sua experiência de Renascimento com um Renascedor profissional. Após algumas sessões, já nos sentimos confiantes o bastante para "renascermos" sozinhos.

5. Qual a diferença do trabalho individual e de uma vivência em grupo?
As duas experiências são muito ricas. No trabalho individual temos a oportunidade de uma maior focalização de um processo específico. No trabalho em grupo (com vários Renascedores dando suporte), além de mais olhos treinados acompanhando nossa experiência, temos também o benefício de estarmos por mais tempo num ambiente em que todos estão dedicados a um mesmo trabalho.

Eliane Santos
Trainer em Programação Neurolingüística,
Certificada em Hipnose Ericksoniana, Renascimento e Treinamento Comportamental
 


Compartilhe esse artigo:
© 2008 Instituto Vencer de Desenvolvimento Humano.
Todos os Direitos Reservados
Av. Mal. Floriano Peixoto 16, cj. 208 - Gonzaga - Santos/SP - (13) 3219-7766