Voe Alto

Logo após a primeira Guerra Mundial, De Haviland, jovem piloto inglês, experimentava o seu frágil avião monomotor numa arrojada volta ao redor do mundo.

Pouco depois de levantar vôo de um dos pequenos e improvisados aeródromos na Índia, ouviu um estranho ruído que vinha de trás de seu assento. Logo percebeu que havia um RATO a bordo e que este poderia roer a cobertura de lona, destruindo seu frágil avião.

Ele poderia voltar ao aeroporto para livrar-se de seu incômodo, perigoso e inesperado companheiro de viagem. Lembrou-se, contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas.

Voando cada vez mais alto, percebeu, pouco a pouco, que cessaram os ruídos que quase punham em risco sua viagem.

Assim é a vida...

Quando "RATOS" ameaçarem destruir você por inveja, calúnia ou maledicência , voe mais alto !

Se lhe agridirem... voe mais alto !

Se lhe ofenderem... voe mais alto !

Se lhe acusarem... voe mais alto !

Se lhe criticarem... voe mais alto !

Se lhe cometerem injustiças... voe mais alto !

Lembre-se: "ratos" não resistem às alturas.


Autor desconhecido
Enviado por: Marcinha - Vencer 2 


Compartilhe essa metáfora:
© 2008 Instituto Vencer de Desenvolvimento Humano.
Todos os Direitos Reservados
Av. Mal. Floriano Peixoto 16, cj. 208 - Gonzaga - Santos/SP - (13) 3219-7766